Tuesday, January 09, 2007

B-C-R

When the sky seems to clear,
who will then be left (but a few)..?

Me and You.


(8 de Janeiro: um dia perdido.)

4 comments:

Maria Strüder said...

Estranhamente ultrapassei todos os meus dias perdidos, estou anestesiada.

Bhagavad-gitá said...

não há dias perdidos, meu luisinho

Joana said...

"dias perdidos"... ficou na cabeça ontem... e hoje andei a pensar e vim comentar!

Tantas vezes que pensei " este foi um dia perdido" ; "estes 3 anos foram perdidos"... mas será que foram mesmo? No fundo até aprendi qualquer coisa...!
Começo a chegar à conclusão que não podemos ter dias perdidos... temos que ter dias ganhos, saboreados, abraçados, gozados como a vida pede!

El-Gee said...

Nesse sentido, não há dias perdidos. Cada dia é uma evolução e uma aprendizagem.

Mas quando olhas para o teu dia, e não fizeste nada daquilo que poderias ter feito, caso fosses mais livre ou pudesses fazer escolhas livremente, vês que foi um dia perdido.

Um dia perdido é um dia em que, ao pensares nele, te apercebes que o terias vivido doutra maneira, caso mudasses as opções que fizeste para esse dia. Em que compreendes que, mesmo sem saber mais do que sabias nesse mesmo dia, deverias ter agido de uma forma diferente daquela com que agiste.

Porém, se quisermos ser simplistas, um dia perdido é um dia que que não fomos felizes.