Friday, April 20, 2007

Enquanto és


Enquanto dormes
Te queixas do emprego
E da namorada que te abandona

Enquanto danças,
Criticando aquela música
E o preço da gasolina

Enquanto trabalhas
Irritado com o chefe
E com o ordenado que escasseia

Pessoas como tu perdem pernas no meio da rua.

5 comments:

star said...

Shocking....
Gosto da maneira como transcreves os sentimentos e expoes as tuas ideias.. gosto da maneira como chames a atençao de assuntos que por vezes nos passam ao lado no dia-a-dia

MiSs Detective said...

Sabes que mais, não diria melhor.

O outro lado da vida. Passamos o tempo a queixar a arranjar problemas, a pedir, a reclamar.

Medimos os nossos problemas à dimensão do mundo em que vivemos. Sabemos que há mais, e piores, mas não nos afecta, não é o nosso.

Joana said...

Porque será que quando vemos imagens como essas temos tendência a fechar os olhos, a virar a cabeça para o lado?
Por momentos pensamos " realmente, a minha vida é muito boa e sou uma sortuda por a ter".... mas... passado um tempo ( não muito) lá estamos nós outra vez a reclamar da nossa (boa) vida.

Faz parte da natureza do ser humano. Inconformado e egoista!

beijinhos***

vânia said...

Magoou... =/

Touro Zentado said...

Enquanto dormes
te queixas do emprego
e da namorada que te abandona...

há gajos que demonstram a sua total capacidade intelectual e emocional ao dizer a um pobre de espírito: só cheques ou cartão de crédito, filho da puta.