Wednesday, September 19, 2007

Que eu saiba...

O autor deste simpático blog, afirma, a 14/9/07, que não "jura a pés juntos" que não é gay e afirma "que eu saiba, não sou".

Como se trata de um jornalista minimamente exposto à opinião pública, comentei para o lado, para um grupo de amigos que se babava, totalmente heterossexual, com as formas da minha noiva Scarlett Johannson,

- Eh pá já viram o Pedro Mexia aqui a dizer que é paneleiro?

"Quem é o Pedro Mexia foda-se?", perguntaram três matulões sem tirar os olhos da televisão.

Mas um deles, que conhece o blog, a figura, e o próprio texto que eu estava a citar, ergueu-se imediatamente e contestou,

- Ele não diz que é paneleiro pá. Lê lá isso outra vez. O que ele diz é que, que ele saiba, não é.

A Scarlett mirava o ecrã com aqueles olhos de cordeirinho que não tem onde cair morto e só quer é um homem que a leve para uma ilha deserta, mas os três espectadores e eu olhámos uns para os outros em alerta.

- Ouve lá, tu sabes o que é que estás para aí a diz...
- Que ele saiba??? Mas..
- Foda-se um gajo ou é ou nã...

Uma confusão de vozes levantou-se indignada contra o meu pobre amigo, que prontamente começou a explicar o que pensava,

- Eh pá eu também não sou gay, mas isso é hoje!! É o que o gajo diz: hoje, que ele saiba, não é. Mas ele não pode prever o futuro pá.

"Então", respondi eu, assustadíssimo, "tu estás a dizer que se calhar um dia vais ser maricas pá?"

- Não sei pá!
- Mas és paneleiro???
- Não claro que não!! Não é disso que se trata. Não se trata de hoje.
- Mas achas que vais ser paneleiro um dia?

A Scarlett já estava a falar sozinha.

- Não! Acho que não, mas não sei! Ninguém pode dizer que não, à partida..não vês o futuro pá.

- Claro que posso!! Olha eu não sou paneleiro, odeio gajos, era incapaz de tocar num gajo, acho nojenta toda essa história de que estás para aí a falar e tenho a certeza absoluta de que nunca na minha vida me vou sentir atraído por um homem e que nunca hei-de tocar no corpo de um homem. Eu gosto de gajas, hoje, e vou gostar sempre de gajas! Só de gajas!! Só!! Quando morrer aos 80 ainda vou ser mais heterossexual do que hoje.

A discussão acendeu-se como convinha e o Bill Murray já tinha abandonado a Scarlett em Tóquio quando a conversa ainda nem ía a meio, e depois de muita troca de argumentos o meu amigo continuou a insistir que não poderia saber, hoje, se um dia vir a ser paneleiro.

O engraçado nisto é que o meu amigo - que é um dos meus melhores amigos - é um gajo completamente normal (eu continuo a achar que, apesar de tolerável, a homossexualidade não é "normal")

[Preconceituoso!!!!!!!!!!! Conservador!!!!!!!!!!! Intolerante!!!!!!!!!!! Egoísta!!!!!!! Animal desumano!!!! Neo-liberal!!!!!!!!!!! Fascista!!!!!!!!!!!!!]

(Isto eram os protestos na rua, quando souberam que escrevi esta última frase. Bom. Adiante.)

O engraçado disto, então, como eu estava a tentar dizer, é que o meu amigo não tem nada de homossexual nele, tem namoradas, tem engates, fala de gajas connosco, tudo. E nem precisava de nada disto, bastava estar calado e fechado em casa que nós sabíamos que ele não era gay.

Mas depois de dizer isto, eu fiquei a pensar em tudo. Não na minha própria sexualidade, claro, nem sequer na dele (coitado), mas fiquei a pensar no que leva alguém que gosta de mulheres a admitir que se calhar, um dia, vai gostar de homens.

É que se um jornalista que eu mal conheço admite essa possibilidade, isso não me choca - afinal não o conheço, nem à sua voz, nem aos seus trejeitos, nem ao seu passado.

Mas um dos meus melhores amigos, que nunca deu o menor indício, admitir que apesar de hoje lhe repugnarem os homens, um dia pode vir a gostar? É que ele não disse "Eu não desgosto de homens, mas não me sinto preparado". Ele disse "eu não gosto nada de homens, mas não consigo ver o futuro."

Significa isto que estamos já tão relativizados, tão sem rumo, tão sem certezas e tão com medo de sermos chamado de Conservadores que já nem sequer temos a certeza de que, quando gostamos de gajas, É PARA A VIDA???

2 comments:

zmj said...

acho que preocupante é estares a ver esse filme com amigos teus...hehe

já dizia o saudoso pimenta machado, ex-dirigente vimaranense da nossa praça futebolística, que "o que hoje é verdade, amanhã pode ser mentira", e ainda o querem prender...

jaybe said...

Mankes,
Esse gajo Pedro Mexia, em principio será um gajo com dois dedos de testa e se ESCREVEU o que dizes, terá sido algo pensado e nao escrevido como da boca para fora. Nao duvido que sera uma pessoa de mente aberta, e para lhe perguntarem, certamente alguem deconfia e a sua resposta é, pelo menos, indiciosa.
Na minha maneira de ver assunto(pelos vistos ainda delicado), apesar de me renegar a tudo o que venha do mesmo sexo que o meu e me intitular um homem à antiga, até percebo o teu amigo. (atenção! percebo mas nao apoio!)
Quantos musicos, actores de cinema etc. nao se viraram jogar na mesma equipa?
Se bem que se encontram em ambientes completamente diferentes dos nossos, mas imagina:
Se fosses um de esses gajos, com todas as gajas do mundo aos teus pés, podendo escolher qualquer uma, embatendo nas maiores touras e gatas que por ai andam, depois de passares por cima das 100 melhores do top mundial.
Achas que um dia nao te fartavas?
Nao restaria mais nenhuma experiencia que nao tivesses ja feito.
Tu, ja percebi que nao.
Mas agora o teu amigo, talvez possa partilhar este ponto de vista, e acho que nao foi por desorientaçao ou liberalismo, mas sim por sinceridade numa era em que ja é premitido falar sobre essas coisas com amigos ou num blog.