Tuesday, October 24, 2006

Viagens ao Passado

Entrei, encharcado que nem um pinguim, no carro, seguido pela minha ágil avó, a quem ía levar a casa depois de um jantar simples connosco em nossa casa.

Perguntei-lhe, como quem não quer a coisa, por entre os guinchos pausados de um limpa-pára-brisas bem usado: "A avó, independentemente do muito que ainda tem pela frente, foi feliz?"

Repondeu-me, imediatamente e com um sorriso nostálgico, como fora feliz, como é feliz e como viveu alegremente todos os anos da sua vida.

Eu não estava satisfeito, ainda:

- Mas se pudesse mudar alguma coisa, mudava?

- Nada filho, não mudava nada. Mas tinha tirado um curso. É tão importante ler, estudar. Matemática, cultura..a cultura é fundamental..não há nada melhor do que estar numa conversa e compreendê-la.

Não há nada melhor do que estar numa conversa e compreendê-la.

De facto, é extraordinária a simplicidade com que as pessoas mais velhas - quando inteligentes - definem os termos mais complexos.

Achamos que a cultura serve para nos entretermos, para sabermos mais, para a debitar, para com ela procurarmos ainda mais, para fazermos dinheiro, para tantas coisas..e no fundo a cultura - o conhecimento - é apenas uma ferramenta de comunicação como qualquer outra.

Não há nada melhor do que estar numa conversa e compreendê-la.

2 comments:

xavier rudd said...

e conseguir fazer perguntas...

r said...

Não há nada melhor do que estar numa conversa e compreendê-la... não há