Monday, September 01, 2008

Compras

I.

Hoje paguei mais 50% por galinha "free range". 

Claro que nao faco ideia do que é.

Cheguei a caixa e, meio a medo, sorri para o Mustafa (Sydney tem muitas semelhancas com Londres) quando ele pegou nos peitos da galinha. Ele sorriu de volta ao passar a etiqueta pelo laser. Free Range Chicken, $9.42. E ele a rir-se. (Ou se calhar estava so a sorrir. Quem sabe a imaginar um caril, onde eu so vejo um bife grelhado.) Num susto esquizofrenico, desculpei-me.

- Sou a favor da liberdade, Mustafa.


II.

Ele olhou-me de olhos muito abertos, meio confuso, e, ja com o pao organico multi-graos na mao, abriu-se num sorriso engasgado com um dente espetado de fora. Nao faz, claramente, ideia, nem ele, do que é galinha "free range".

- Eu tambem! Por isso e que vim para ca. Nao ha liberdade no meu pais.
- Olha, no meu ha, e ninguem sabe o que fazer com ela.
- Acho que aqui tambem nao.
- Eu tambem acho.


III.

Passou os cereais pelo sensor. Special K Forrest Fruits. $4.53.

- O total sao $34.45 se faz favor.
- Obrigado. Tome.
- Tem cartao de cliente?
- Nao.
- Aqui está, 55 centimos de troco.
- Obrigado!
- Boa noite!
- Boa noite.


(IV.

Se era para a cozer desta maneira, com courgettes e couves de bruxelas, sem sal nem pimenta, mais valia ter comprado galinha de aviario.)

1 comment:

Filipe Canas said...

Tu lê o Animal Liberation do Peter Singer e depois como uma galinha de aviário.